#ConversasMAS | Oratórios e a Sociedade Colonial Brasileira


O Museu de Arte Sacra de São Paulo instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, convida a professora e pesquisadora Silveli Russo para esse Conversas MAS.

No vídeo a professora reflete sobre as práticas religiosas em torno dos oratórios e de suas respectivas imagens, em esculturas e pintura, que representam a expressão de fé ao agregarem os fiéis devotos para as práticas da oração, missas e batismos realizados dentro de casa na sociedade colonial.


Silveli Russo, é pesquisadora, graduada em Artes pela UNESP e pós-doutora em Fundamentos da Arquitetura e Urbanismo pela FAU/USP.


#ConversasMAS | Avaliando Obras de Arte


O Museu de Arte Sacra de São Paulo instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, convida Douglas Quintale perito científico e especialista em análise de obras de arte para esse Conversas MAS.

Muitas vezes encontramos em uma galeria, um leilão, um antiquário ou mesmo na internet uma obra de arte perfeita para nossa coleção, mas não sabemos se ela é um bom investimento ou se estaríamos pagando um preço adequado por aquela específica obra. Ainda, se se trata de uma obra autentica ou original e como fazemos, hoje em dia, para reconhecer esses atributos de valor.

O propósito dessa palestra, é fornecer algumas chaves para adquirir uma obra de arte com tranquilidade, reconhecer o devido e real valor atribuído em uma obra e quais são parâmetros usuais para mensura-lá.


Douglas Quintale, perito científico e especialista em análise de obras de arte.


#ConversasMAS | Santo Sudário de Turim


O Museu de Arte Sacra de São Paulo instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, convida o professor doutor Jack Brandão para esse Conversas MAS.

Santo Sudário de Turim: que é essa relíquia? Qual sua importância para o Cristianismo e para a história da arte? Ela é verdadeira ou uma mera falsidade medieval? Esses e outros assuntos serão abordados nesta palestra em que busca situar a relíquia de maneira clara e objetiva a partir de seus trinta anos de estudo sobre esse objeto sagrado. Imperdível!

Assista aqui:


Jack Brandão, doutor pela Universidade de São Paulo (USP), pesquisador da arte medieval, renascentista e seiscentista, de modo especial de sua recepção pelo leitor hodierno; desenvolvendo o conceito de iconofotologia, com o qual mantém sua linha de pesquisa.


#ConversasMAS | Técnicas com Tinta Acrílica


O Museu de Arte Sacra de São Paulo instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, convida a artista plástica e professora Mary Ricci para esse Conversas MAS.

No vídeo Mary Ricci pretende apresentar de maneira simples, como preparar e trabalhar com uma tinta atóxica e bastante versátil com o mínimo de material e cores possíveis.

Assista aqui:


Mary Ricci, é artista plástica com formação em arte pictórica de cavalete.


#ConversasMAS | Fundamentos da Restauração e Conservação


O Museu de Arte Sacra de São Paulo instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, convida a professora Titina Corso para esse Conversas MAS sobre as teorias e os fundamentos que norteiam as ações dos profissionais da conservação e restauração de obras de arte.

No vídeo conheceremos um pouco mais sobre diversos teóricos ao longo da história e suas abordagens para com a conversação do patrimônio artístico e cultural.

Assista aqui:


Titina Corso, é artista plástica, pedagoga e arte/educadora híbrida, desenvolvendo projetos com olhares para a transdisciplinaridade nas Artes e Educação Patrimonial. Especialista técnica em Conservação e Restauração de Arte Sacra e de bens culturais.


#ConversasMAS | Pintura Francesa do Século XIX


O Museu de Arte Sacra de São Paulo instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, disponibiliza através do projeto “Conversas MAS” uma palestra com o professor Renato Brolezzi, grande historiador da arte que faleceu em 2019.

No vídeo, Brolezzi faz uma incrível abordagem sobre a pintura Francesa do século XIX através das obras de Jacques Louis David partindo da análise da pintura “Os Litores Trazendo a Brutus os Corpos de Seus Filhos” executada em 1789 e exposta no Museu do Louvre, em Paris.

Esse Conversas MAS é especial não só por estar repleto de imagens, detalhes e análises aprofundadas sobre arte, mas também por ser uma homenagem do Museu de Arte Sacra ao grande professor Renato Brolezzi.

Assista aqui:


Renato Brolezzi | Antropólogo e Especialista em História da Arte pela UNICAMP. Professor de História da Arte no Museu de Arte Sacra, MASP e Casa do Saber


#ConversasMAS | Histórias da Cidade de São Paulo


O Museu de Arte Sacra de São Paulo instituição da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, convida o professor Roberto Coelho para esse Conversas MAS, um programa online que tem por objetivo debater temas relevantes para a sociedade, para a arte e para a cultura.

No vídeo conheceremos um pouco mais sobre a cidade de São Paulo de uma maneira bastante descontraída. Entenderemos os caminhos para a construção da maior cidade do país através das suas nuances, montagens históricas e perspectivas. Uma abordagem lúdica e diferente da nossa cidade.


Assista aqui:


Roberto Coelho Barreiro Filho é Doutor em História pela PUCSP e professor do Museu de Arte Sacra de São Paulo.


#ConversasMAS | Catolicismo Negro em São Paulo


Convidamos o professor Fabricio Forganes para falar sobre o Catolicismo Negro em São Paulo. Esse tema é interessante, pois envolve diversas questões desde a migração forçada, a escravidão, a reunião de grupos identitários em irmandades religiosas, a ocupação do espaço urbano e muitos outros aspectos.

Nas palavras de Fabricio “no século XXI, os lugares do Catolicismo Negro ainda resistem no plano urbano de São Paulo, salvaguardando toda uma tradição religiosa herdada e praticada por estes povos desde os tempos coloniais”.


Das grandes contribuições do povo negro à formação da Cultura Brasileira, um capítulo pouco estudado trata do Catolicismo. Convivendo com esta prática religiosa ainda em terras africanas, o povo negro se apropriaria das Irmandades Leigas na diáspora, utilizando este espaço de forma estratégica para a criação de redes de solidariedade e o resgate de tradições ancestrais. Nestes espaços, presentes na maior parte das cidades fundadas antes da República, seriam criadas manifestações indiscutivelmente negras como os Congados, os Maracatus e o próprio Candomblé, além de um catolicismo alegre e profundamente inculturado.
A dinâmica do centro de São Paulo silenciaria a participação dos povos negros nos primeiros séculos, destruindo os territórios do Catolicismo Negro e expulsando este grupo para as bordas da cidade em resposta ao desenvolvimento urbano. Contudo, estes devotos encontrariam outros espaços no plano paulistano, guardando sua fé e externando ela nas especiais formas de rezar. Dividido em quatro momentos, o “Encontro Virtual” realizado pelo Museu de Arte Sacra de São Paulo a partir do professor Fabricio Forganes propõe, de forma simplificada, um percurso da África ao Brasil, na expectativa da identificação e da valorização dos Lugares do Catolicismo Negro que resistem na São Paulo do século XXI.


Assista aqui:


Fabricio Forganes Santos é arquiteto e urbanista, pesquisador das Irmandades Negras no urbanismo brasileiro. Possui experiência como curador no Museu de Arte Sacra de Santos – MASS, e como docente no curso de Arquitetura e Urbanismo da FAAC/UNESP, organizando cursos e ministrando palestras também no Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS-SP. Temas de atuação: Teoria e História da Arquitetura e Urbanismo; Formação Urbana; História das Cidades; Irmandades Negras; Catolicismo Negro.


Compartilhar