MÉTODO
A atividade acontecerá in loco.

APRESENTAÇÃO
A partir de São Paulo, a colonização se expandiu para as outras regiões do interior do Brasil e possibilitou a fundação de roças, pontos de pouso, capelas, igrejas, cidades, vilas e, sobretudo, possibilitou a descoberta do ouro em Minas Gerais, Mato Grosso e Goiás. Amparo faz parte desse sertão desbravado pelos bandeirantes e, mais tarde, um importante centro de produção café. Essa história marca como nunca as particularidades internas e as condições políticas, religiosas e econômicas da cidade ao passar do tempo. No século XIX, a cidade sente ainda o impacto do crescimento da economia cafeeira, a chegada da estrada de ferro e dos imigrantes que trazem costumes europeus e o sentimento de modernidade para a região. Amparo possui um centro histórico preservado como inúmeros edifícios desse período. A cidade, além de tudo, faz parte do Circuito das Águas do Estado de São Paulo, um aglomerado de municípios paulistas famosos por suas fontes naturais e bicas d’água.  Sabendo como é importante o espaço urbano como palco e cenário da História, o curso pretende entender como a população de Amparo conseguiu marcar as etapas de sua evolução a partir da tradição rural, dos riscos das suas ruas, da arquitetura de suas casas e igrejas. O curso pretende discutir a cultura do interior paulista, estilos e modelos artísticos verificados na arquitetura da cidade, a importância do café para a transformação da tradição e dos costumes.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
– Apresentar a arte e a cultura como material reflexivo;
– Analisar, criticar e contextualizar a história regional como um importante substrato para entendermos a história nacional: a cultura do café, a estrada de ferro e a nobreza do período imperial.
– Apresentar a arte e a cultura em ruas, praças, igrejas e demais edifícios como formadores da Memória e da História
– Mostrar o espaço urbano como um campo interdisciplinar do conhecimento: Literatura, História, Filosofia, Sociologia, Antropologia, Psicologia, Teologia etc.;
– Escolher temas específicos para diversos trabalhos de pesquisa e estimular a produção de projetos em que a utilização da arte e da história regional estejam presentes.

CONTEÚDO
Manhã
– Centro histórico da cidade
Amparo possui um centro histórico preservado como inúmeros edifícios do período do café: jardim público, casas em estilo eclético, estação de trem etc.

Catedral de Nossa Senhora do Amparo
A igreja matriz foi erguida onde se encontrava a capela primitiva a partir de 1839. A imagem de Nossa Senhora do Amparo, foi encomendada por D. Anna Cintra, esposa do Barão de Campinas, e veio da cidade do Porto em Portugal. Sofreu uma grande reforma no início do século XX e contou com trabalhos de Albano Pereira, João Siqueira, Carlos Hamlet Mantovani, os quadros a óleo de Benedito Calixto e o pintor Mano Thomazi na pintura e decoração arquitetônica.

– Museu Bernardino de Campos.
Palacete de 1885, o museu conta a História de Amparo por meio de documento, utensílios, objetos, móveis e veículos de transporte. É considerado um dos mais completos do Estado de São Paulo pela variedade de peças e pela capacidade de reconstruir a história de uma cidade do interior por meio delas.

Almoço: 13:00  – Fazenda Atalaia.
Cardápio Almoço Entrada: pode ser ofertado salada ou outra entrada definida pelo setor de gastronomia da fazenda

Prato Principal
opção 1: Massas frescas recheadas com queijos.
Ou Opção 2 prato típico da culinária rural a definir
opção 1: doce de leite com frescal e raspas de limão
opção 2: Bombocado de mandioca
Bebidas a parte

Tarde
Fazenda Atalaia. O edifício é de 1870, apresenta seu terreiro de secagem do café e oferece uma programação histórica para o seu visitante.  A fazenda possui uma produção de queijos, já premiados, e vendas de doces, vinhos e cachaças. Passeio guiado às 14:30 h.

-Vinícula Terrassos. Fazenda produtora de vinhos finos que segue a nova tendência da terras da Serra da Mantiqueira.  Tour guiado pelos vinhedos e pela vinícola, seguido pela degustação dos produtos.
Tour pela Fazenda
SP 352 – Rod. Amparo Itapira, km 137 – 6 kms do centro de Amparo.

A quem se destina
O conteúdo oferece embasamento para estudiosos de Arte, historiadores, profissionais ligados à literatura e comunicação social, religiosos, pesquisadores, professores que pretendam desenvolver o tema em sala de aula, profissionais de todas as áreas, estudantes universitários e interessados em geral.

Professor
Marcos Horácio Gomes Dias é Doutor em História Social pela PUC-SP; Mestre em História Social pela USP; pós-graduado em Arte e Cultura Barroca pelo Instituto de Filosofia, Arte e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e Bacharel em Ciências Sociais pela USP. Tem experiência na área de História e Sociologia, com ênfase em História, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Arte; História do Barroco e do Rococó; Arte e Cultura em Minas Gerais; Neoclássico, Império e século XIX no Brasil; Teoria da Cultura; Patrimônio Histórico; História da Produção da Imagem; Teoria da Comunicação e Realidade Sócio-Econômica e Política Brasileira.

Valor por pessoa:  R$ 465,00 – À vista ou R$ 480,00 em duas vezes
Incluso – ônibus executivo
Rádios transmissores
Monitoria – Professor Marcos Horácio
Almoço e ingresso na Fazenda Atalaia – https://fazendaatalaiaamparo.com.br/
Ingresso para a Vinícola  Terrassos – https://terrassos.com.br/
Valor por pessoa sem a opção do almoço e visita a Fazenda Atalaia –  R$ 330,00 – à vista ou R$ 350,00 em duas vezes
Incluso – ônibus executivo
Rádios transmissores
Monitoria – Professor Marcos Horácio
Ingresso para a Vinícola  Terrassos – https://terrassos.com.br/
Não incluso – Bebidas
Saída e Retorno: Estacionamento do Museu de Arte Sacra de São Paulo
Rua Jorge Miranda, 43
Data: 25 de junho de 2022 (sábado)
Horário de saída:
 6h30 
Endereço: Avenida Tiradentes, 676, Luz. Metrô Tiradentes.
Ponto de encontro: estacionamento do Museu – Rua Jorge Miranda, 43
Horário retorno: previsão – 20h no Museu 
Carga horária: 10h – No final do curso o aluno receberá o certificado.
Inscrições: mfatima@museuartesacra.org.br  
Informações: (11) 5627.5393 
Vagas: 35 (trinta e cinco)
Importante: A lista dos passageiros completa com nomes e RGs precisam estar no DNER com antecedência. Seu comprovante de depósito é seu comprovante de inscrição. Em caso de cancelamento de sua ida, pode substituir por outra pessoa até 7 dias antes da viagem.

Compartilhar