O Museu de Arte Sacra de São Paulo e o Diretor Executivo José Carlos Marçal de Barros, lamentam a morte de Emanoel Araújo. Idealizador do Museu Afro Brasil, a mais importante instituição museológica da América Latina, dedicada à arte e cultura africana e afro-brasileira, Emanoel lutou com vigor pela diversidade, o reconhecimento e a valorização das ancestralidades, além de defender as artes, como um todo.

Artista, professor, pesquisador e gestor público de múltiplos talentos, Emanoel Alves de Araújo nasceu em Santo Amaro da Purificação, na Bahia, em 15 de novembro de 1940. Doou ao Governo do Estado boa parte da sua coleção pessoal, um acervo fantástico com obras de grandes artistas. Seu talento, sua generosidade e sua visão, são marcantes.

Deixa um legado importantíssimo para a sociedade brasileira.

*Obs.: crédito da foto – Museu Afro Brasil

Compartilhar