Objetivo
Trabalhar a História e a Arte em Itu de forma a discutir seus estilos artísticos desde a fundação da capitania de São Paulo, sua relação com a vida dos Bandeirantes, a Arte Barroca, a obra de Frei Jesuíno do Monte Carmelo, a Convenção de Itu e a Proclamação da República. O curso tem a pretensão de discutir a expressão da cultura paulista, a construção de sua identidade e como é reconhecida pela memória coletiva.

Conteúdo Programático

Arte, Cultura e Identidade:
– O Barroco na construção da cultura paulista;
– O Barroco e a construção de práticas e mentalidades;
– A obra de Frei Jesuíno do Monte Carmelo
– São Paulo: Bandeirantes, Barroco, República Velha, Neoclassicismo
– Casas, igrejas, museus e monumentos de Itu: análise iconográfica.

Patrimônio Histórico e Identidade:
– A arte como forma de conhecimento;
– Os monumentos históricos e a construção da identidade;
– Como entender elementos e obras que agrupados podem se tornar significativos para a história de um povo ou de uma cultura;
– São Paulo: Os bandeirantes, o movimento republicano e a construção da identidade paulista. 

ROTEIRO 

Igreja Bom Jesus e Santuário.
A capela original foi edificada em 1610, no período de fundação da cidade, e foi reconstruída entre os anos de 1763 e 1765 por Padre Manoel da Costa Aranha.. Mantém, desde então, a imagem original da Igreja do Senhor Bom Jesus.

Matriz de Nossa Senhora da Candelária.
A matriz de Nossa Senhora da Candelária foi construída em 1780, sob orientação do Padre João Leite Ferraz. Igreja com decoração barroca e rococó, recebeu, com o tempo,  sucessivas reformas. Abriga a obra de Frei Jesuíno do Monte Carmelo.

Igreja de Nossa Senhora do Carmo.
O Convento do Carmo foi construído em 1719 por Frei João Batista de Jesus. Importante edifício colonial, sua construção se deu por consentimento de D. João V.

Museu Republicano.
Importante construção do século XIX, o edifício foi sede da Convenção de Itu em 1873.  O Museu Republicano “Convenção de Itu” guarda a memória por meio de retratos, documentos textuais e iconográficos, mobiliários, objetos pessoais e decorativos relativos aos republicanos históricos e aqueles que fizeram a política durante a República Velha no Estado de São Paulo e no Brasil.

Igreja Nossa Senhora do Patrocínio.
A Igreja do Patrocínio foi idealizada por Padre Jesuíno do Monte Carmelo, arquiteto, operário, artista e devoto de Nossa Senhora do Patrocínio. Inaugurada em 1819, ficou famosa a partir de 1859, quando passou a abrigar um colégio para meninas. A edificação possui arte e decoração em estilo eclético e neoclássico. Na Igreja está sepultada sua primeira superiora, Madre Maria Teodora Voiron, cujo processo de beatificação foi aberto pelo Vaticano.

Conjunto Arquitetônico do séc. XIX.
O conjunto arquitetônico de Itu possui inúmeros exemplos importantes de sua história como casarões, cruzeiros, praças, fábricas e fazendas. O percurso entre os edifícios visitados permitirá a observação de construções que contam a história de famílias nobres, da visita da família imperial, do movimento republicano, da industrialização do Estado e da devoção de seu povo.

*Roteiro sujeito a alterações devido a comemorações religiosas ou atividades públicas que não são informadas ou planejadas com antecedência pelos seus organizadores.

A quem se destina:
O conteúdo oferece embasamento para estudiosos de Arte, historiadores, profissionais ligados à literatura e comunicação social, religiosos, pesquisadores, professores que pretendam desenvolver o tema em sala de aula, profissionais de todas as áreas, estudantes universitários e interessados em geral.

Professor
Prof. Dr. Marcos Horácio Gomes Dias: é Doutor em História Social pela PUC-SP; Mestre em História Social pela USP; pós-graduado em Arte e Cultura Barroca pelo Instituto de Filosofia, Arte e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e Bacharel em Ciências Sociais pela USP. É pesquisador da cultura e da realidade mineiras e ministra cursos de História da Arte e de Barroco Mineiro, cursos de História da Arte “in loco” em cidades históricas brasileiras para alunos de diversas universidades e desenvolve ainda pesquisas e consultorias na área de história para vários projetos culturais. Tem experiência na área de História e Sociologia, com ênfase em História, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Arte; História do Barroco e do Rococó; Arte e Cultura em Minas Gerais; Neoclássico, Império e século XIX no Brasil; Teoria da Cultura; Patrimônio Histórico; História da Produção da Imagem; Teoria da Comunicação e Realidade Sócio-Econômica e Política Brasileira.

INVESTIMENTO: R$ 240,00 à vista ou R$ 260,00 (02 vezes) dinheiro ou depósito bancário. Após o envio do comprovante sua inscrição estará formalizada.

Em caso de cancelamento de sua ida, pode substituir por outra pessoa até 7 dias antes da viagem.

Incluso: 
– Transporte (ônibus , ar condicionado ,TV, toalete) que ficará à disposição durante a viagem.
– Rádio transmissores
– Todo o translado das atividades será feito com o ônibus fretado.
– Monitoria – Prof. Dr. Marcos Horácio Gomes Dias

Não incluso: despesas com refeições, bebidas.

Saída: Estacionamento do Museu de Arte Sacra de São Paulo – Rua Jorge Miranda, 43
Dia: 19 DE NOVEMBRO DE 2022 (SÁBADO)
Horário de saída:
 7h30
Saída e Retorno: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676, Luz. Metro Tiradentes.
Ponto de encontro: estacionamento do Museu –  Rua Jorge Miranda, 43
Horário de retorno: previsão – 18hs
Carga horária: 10hs
Inscrições: mfatima@museuartesacra.org.br
Informações: (11) 3322-5393
Vagas: 35 (trinta)

No final do curso o aluno receberá o certificado.

Compartilhar