MÉTODO
Curso presencial

OBJETIVOS GERAIS
Normalmente estudos sobre o Primeiro Reinado se limitam a saber algumas datas de acontecimentos, nomes e locais, ou seja, informações muito superficiais.

Este curso visa mostrar acontecimentos que levaram a decisões importantes que mudaram o contexto político, social e econômico do Brasil nas primeiras décadas do século XIX.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS
Ampliar o olhar sobre informações de contextos históricos pouco abordados;
Ação e reação através dos fatos ocorridos no Brasil e em Portugal durante as primeiras décadas do século XIX;
Entre o Absolutismo e o Constitucionalismo: ascensão e queda de D. Pedro;
Conhecer personagens históricos como seres humanos, não como ilustrações de livros e obras de arte exibidas em museus.

CONTEÚDO
04 de abril de 2024
Aula 1
Tropas de Napoleão Bonaparte em Portugal; vinda da família real portuguesa para o Brasil; fim do pacto colonial; tratados comerciais.

11 de abril de 2024
Aula 2
Congresso de Viena; Reino Unido Brasil, Portugal e Algarves; relações políticas, econômicas e sociais entre Brasil e Áustria; Revolução do Porto.

18 de abril de 2024
Aula 3
Diferenças entre guerras pela Independência e movimentos separatistas e a importância destas revoltas no contexto da separação política do Brasil; Formação de um Império; entre o Absolutismo e o Constitucionalismo, ascensão e queda de D. Pedro.

25 de abril de 2024
Aula 4
Um outro olhar sobre D. Pedro I, D. Leopoldina e D. Amélia, ou seja, ver estas pessoas, simplesmente, como seres humanos que erram e acertam todos os dias. Ir além do que todos apontam sobre D. Leopoldina, ou seja, a figura triste de uma mulher traída, mas mostrar seu conhecimento político que muito ajudou o Brasil, bem como seu interesse pela ciência. Ver esta mulher como esposa e mãe. Já D. Pedro, não focar apenas no marido infiel, mas líder militar, principalmente na Guerra Civil Portuguesa, a figura dele como pai. D. Amélia, segunda imperatriz do Brasil, quem foi esta mulher, seja no Brasil ou na Europa.

PROFESSORA
Valdirene do Carmo Ambiel é doutora em Ciência da Patologia pela Faculdade de Medicina da USP (2023). Mestra em Arqueologia pelo Museu de Arqueologia e Etnologia da USP (2013). Graduada em Licenciatura Plena em História pelo Centro Universitário Assunção (UNIFAI) (2009). Tem experiência nas áreas de História Antiga, História do Brasil com ênfase em Brasil Império, Arqueologia Histórica, Arqueologia Forense, Arqueologia Funerária, Arqueologia Preventiva, Antropologia Social, Antropologia Forense e Museologia.

Período: 04, 11, 18 e 25 de abril de 2024 (quintas-feiras)
Horário: das 14:30 às 17:00
Carga horária: 10h
Valor: R$180,00 à vista
Inscrições: mfatima@museuartesacra.org.br
Informações: (11) 5627.5393
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676 – Metrô Tiradentes
Estacionamento gratuito (sujeito à lotação) – Rua Dr. Jorge Miranda, 43 – Luz
No final do curso o aluno receberá o certificado

Referências bibliográficas do Curso
Almeida, Sylvia L.M. Uma Filha de D. Pedro I, Dona Maria Amélia. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 197.
Ambiel, Valdirene do C. Estudos de Arqueologia Forense Aplicados aos Remanescentes Humanos dos Primeiros Imperadores do Brasil Depositados no Monumento a Independência. São Paulo: Dissertação de Mestrado Apresentado ao Programa de Pós-Graduação em Arqueologia do Museu de Arqueologia e Etnologia da USP, 2013.
Ambiel, Valdirene do C; Fontes, Luiz R. O que pode ter matado D. Leopoldina. In:  Aline Montenegro Magalhães et al. (ed.): D. Leopoldina e seu tempo: sociedade, política, ciência e arte no século XIX. Rio de Janeiro: Museu Histórico Nacional, 2016, pp 200-214.
Ambiel, Valdirene do C. O novo grito do Ipiranga. São Paulo: Linotipo Digital, 2017.
Ambiel, Valdirene do C; Fontes, Luiz R. Imperatriz D. Maria Leopoldina de Habsburgo-Lorena dentro da política brasileira do início do século XIX/Die Kaiserin Maria Leopoldina von Habsburg-Lothingen in der brasilianichen Politik zu Begin des 19 Jahnhunderts. In: Marcos Alberto Sat’Anna Bitelle (org). Imperatriz Leopoldina: um grito de Independência/Kaiserin Leopoldina: ein Ruf nach Unabhängigkeit 1 ed. São Paulo: Instituto Martius Sataden, 2022, pp. 777-788.
Ambiel, Valdirene do C. Estudo de aspectos antropométricos e médicos dos primeiros imperadores do Brasil.
https://www.teses.usp.br/teses/disponiveis/5/5144/tde-26062023-145933/publico/ValdirenedoCarmoAmbielVersaoCorrigida.pdf
Armitage, John. História do Brasil. 3ed. Rio de Janeiro: Livraria Editora Zelio Valverde, 1943.
Assunção, Paulo. A saudade é cor-de-rosa: Memórias de D. Amélia de Leuchtenberg – Imperatriz do Brasil, 2017 https://www.cepese.pt/portal/pt/publicacoes/obras/arte-cultura-e-patrimonio-do-romantismo-actas-do-1o-coloquio-201csaudade-perpetua201d/a-saudade-e-cor-de-rosa-memorias-de-amelia-de-leuchtenberg-imperatriz-do-brasil.
Benevides, Francisco da F. Rainhas de Portugal. As Mulheres que Construíram a Nação. Lisboa: Marcador Editora, 2011.
Bittencourt, Armando de S (Vice-Almirante). Formação da Marinha Imperial Brasileira. Introdução à História Marítima Brasileira. Rio de Janeiro: Diretoria de Ensino da Marinha e Serviço de Documentação da Marinha, 2006.
Boxer, Charles R. O império marítimo português, 1415-1825. São Paulo: Companhia das Letras, 2002.
Braga, Paulo D. À Cabeceira do Rei. Doenças e Causas de Morte dos Soberanos Portugueses entre os Séculos XII e XX. Lisboa:  A Esfera dos Livros, 2014.
Braga, Paulo D. D. de. Leopoldina de Habsburgo, rainha de Portugal
Leopoldina de Habsburgo, rainha de Portugal | Request PDF (researchgate.net).
Bragança, Carlos T.de S.C (Dom). A Princesa Flor Dona Maria Amélia. A Filha mais linda de D. Pedro I do Brasil e IV do Nome de Portugal. Funchal: Direção Regional de Assuntos Culturais, 2009.
Bragança, Carlos T. de S.C (Dom) Imperatriz D. Amélia, Princesa Italiana, 2020. http:/ihp.org.br/?p=7204.
Breda Filho, Odorino. A enfermidade da imperatriz Leopoldina. In: Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, nº71. São Paulo, 1973, pp 49-55.
Cabral, Dilma. Poder Moderador. Memória da Administração Pública Nacional. Arquivo Nacional, 2018.
http://mapa.an.gov.br/index.php/menu-de-categorias-2/298-poder-moderador.
Calmon, Pedro. A vida de D. Pedro. O Rei Cavaleiro. 2ªed. Rio de Janeiro: Companhia Editora Nacional, 1943.
Carvalho, José M. D. Pedro II. São Paulo: Companhia das Letras, 2007.
Carvalho, José M. Formação das Almas. O imaginário da República no Brasil. 2 ed. São Paulo: Companhia das Letras, 2021.
Carvalho, José M. Cidadania no Brasil: O longo Caminho. 28º ed. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2023.
Carvalho, Maria do Amparo A. A Batalha do Jenipapo no contexto das lutas pela emancipação política no Norte do Brasil. Revista Contraponto, Departamento de História e de Pós-Graduação em História do Brasil-UFPI, 2016, pp. 138-152.
https://revistas.ufpi.br/index.php/contraponto/article/view/5746/3410. 
Casa do Grito-Museu da Cidade de São Paulo
https://www.museudacidade.prefeitura.sp.gov.br/sobre-mcsp/casa-do-grito/.
Cassotti, Marsilio. A Biografia Íntima de Leopoldina. A Imperatriz que Conseguiu a Independência do Brasil. 2ª ed. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2021.
Costa, Marcus de N. da (D.). D. Marcos de Noronha e Brito 8º Conde Dos Arcos (Elementos de Uma Biografia). Lisboa: Academia Portuguesa da História, 2011.
Da Costa, Emília V. Da Monarquia à República. 9ª ed. São Paulo: Editora Unesp, 2010.
Dolhnikoff, Miriam. História do Brasil Império. São Paulo: Editora Contexto, 2017.
Domingues, Mário. A Derrocada do Absolutismo. Evocação Histórica. Lisboa: Edições Romano Torres, 1997.
Farah, Sheila. Além dos Jardins do Ipiranga: história, restauro e vida no Parque da Independência. São Paulo: Câmara Brasileira do Livro, 2004.
Ferreira, Armando S. 1821 O Regresso do Rei. A Viagem de D. João VI e a Chegada da Corte a Portugal. 2ªed. Lisboa. Planeta de Livros Portugal, 2021.
Ferreira Júnior, Maurício V. A abdicação do imperador D. Pedro I nas coleções do Museu Imperial, 2020, pp. 17-29.
https://museuimperial.museus.gov.br/wp-content/uploads/2020/06/Anuario_MIMP_Ed_2020.pdf .
Ferreira, Paulo Henrique de C. L. A história das constituições brasileiras e a evolução ao longo dos anos, 2017. https:/ambitojuridico.com.br/cadernos/direito-constitucional/a-historia-das-constituicoes-brasileiras-e-a-evolucao-ao-longo-dos-anos/ 
Figueiredo, Pedro A.de. O Brado do Ypiranga ou a Proclamação da Independência do Brasil. Algumas palavras acerca do facto histórico. Florença: Typografia de Arte Della Atampa, 1888.
Fragoso, João L. R. Homens de Grossa Aventura. Rio de Janeiro: Editora Civilização Brasileira, 1998.
Gomes, Laurentino. 1808. – Como Uma rainha louca, um príncipe medroso e uma corte corrupta enganaram Napoleão e mudaram a História de Portugal e do Brasil. São Paulo: Editora Planeta do Brasil, 2007.
Graham, Maria Correspondência entre Maria Graham e a Imperatriz Dona Leopoldina. E Cartas Anexas. 2ª ed. Tradução: Américo Jacobina Lacombe. Belo Horizonte: Editora Garnier, 2020.
Holanda, Sérgio Buarque. Raízes do Brasil. 27ºed. São Paulo: Companhia das Letras, 2014.
Júnior, Caio Prado. Formação do Brasil Contemporâneo. Colônia. 6ªed. São Paulo: Editora Brasiliense, 1961.
Kann, Bettina; Lima, Patrícia S. D. Leopoldina. Cartas de Uma Imperatriz. São Paulo: Estação Liberdade, 2006.
Kent, P. Michael (S.A.R). Coroadas em terras distantes: triunfo, tragédias, paixão, poder na vida de oito princesas europeias. Tradução de Maria João Batalha Reis. São Paulo: Ambientes & Costumes, 2011.
Lima, M.O.  O Império Brasileiro 1822-1889. Barueri: Faro Editorial, 2021.
Lisboa, Karen M. A Nova Atlântida de Spix e Martius: natureza e civilização na viagem pelo Brasil (1817-1820). São Paulo: Editora HUCITEC, 1997.
Luccock. John. Notas Sobre o Rio de Janeiro e partes meridionais do Brasil: tomadas durante uma estada de dez anos neste país, 1808/1818. São Paulo: Martins, 1951.
Lustosa, Isabel. D. Pedro I. Um herói sem nenhum caráter. São Paulo: Companhia das Letras, 2006.
Moraes, Alexandre J de M. História do Brasil-Reino e Brasil Império. Rio de Janeiro:TYP.De Pinheiro, 1871.
Nogueira, Adeilson. Guerras Napoleônicas. Santa Catarina: Editora Clube dos Autores, 2020.
Novais, Fernado A. Portugal e Brasil na Crise do Antigo Sistema Colonial (1777-1808). 5ª ed. São Paulo. Editora HUSITEC, 1989.
Oberacker Jr, Carlos H. A imperatriz Leopoldina: sua vida e sua época. Ensaio de uma biografia. Rio de Janeiro: IHGB; Conselho Federal de Cultura, 1973. 
Oliveira, Cecilia H.de S. Vista do O espetáculo do Ipiranga: reflexões preliminares sobre o imaginário da Independência (usp.br) (acesso em 3/5/22).
Pimentel, Alberto. A Corte de D. Pedro IV. 2ª ed. Lisboa: Editora Guimarães & C, 1914.
Ramirez, Ezekiel S. As Relações entre Áustria e o Brasil 1815-1889. Trad. Américo Jacobina Lacombe. São Paulo: Companhia Editora Nacional, 1968.
Rangel, Alberto. D. Pedro I e a Marqueza de Santos. Á vista de cartas intimas e de outros documentos públicos e particulares. São Paulo: Livraria Francisco Alves, 1916.
Salgado, César. A Guarda de Honra do Príncipe D. Pedro. In: Revista do Instituto Histórico e Geográfico de São Paulo, nº 71. São Paulo, 1973, pp 579-590.
Santos, Eugénio. D. Pedro IV. Liberdade, Paixões, Honra. Portugal: 2006.
Schimidt, Maria J. A Segunda Imperatriz do Brasil (Amelia de Leuchtenberg). São Paulo: Companhia Melhoramentos de S. Paulo, 1927.
Sousa, Otávio T de. A vida de D. Pedro I. Rio de Janeiro: José Olympio, vols. 1 e 2 1972.
Taunay, Affonso d’E. O Ypiranga em 1822. In: Guia da Sessão Histórica do Museu Paulista. São Paulo: Imprensa Oficial, 1937, pp. 7-10.
Spix, Johann B.v.; Martius, Carl F. P.von. Viagem pelo Brasil. Rio de Janeiro: IHGB; Imprensa Nacional, vol.4, 1938.
Trigueiros, António P. Observações Sobre as Insígnias Honoríficas Exumadas dos Restos Mortais do Senhor D. Pedro Duque de Bragança e Primeiro Imperador do Brasil.  Lisboa: Sociedade de Geografia de Lisboa, 2013, pp 25-46
Torres, Lygia Lemos. Imperatriz D. Amélia. São Paulo: Elvino Pocai, 1947.
Varnhagen, Francisco A. História Geral do Brasil antes de sua separação e Independência de Portugal. Rio de Janeiro: LAEMMERT, 1854.
Varnhagen, Francisco Adolfo de. História da independência do Brasil. 7. ed. Belo Horizonte/São Paulo, Itatiaia/Edusp, 1981.
Ventura, António; Lyra, Maria de Lourdes V. Carlota Joaquina e Leopoldina de Habsburgo. Rainhas de Portugal no Novo Mundo. Lisboa: Temas e Debates, 2019.
Compartilhar