MÉTODO: PRESENCIAL

OBJETIVO GERAL:
Apresentar um estudo sobre o papel da Arte, da Cultura e da Política na História da América, discutindo a produção, a circulação e a apropriação de representações que qualificam a América pré-colombiana e a América colonial como um espaço de encontro de diversas culturas. O curso pretende entender como a América se comportou com a chegada dos europeus e como artistas e artesãos se apropriaram das convenções europeias, indígenas e africanas na produção cultural do continente. Com o auxílio da História, da Arte e da Antropologia Cultural, o curso contribui para a discussão sobre a origem e o desenvolvimento da América ao longo de diferentes etapas históricas: o período pré-colombiano e o mundo colonial.

OBJETIVOS ESPECÍFICOS:
Apresentar a relação entre arte, a cultura e a política como material reflexivo;
Analisar, criticar e contextualizar as obras de arte;
Mostrar a arte como um campo interdisciplinar do conhecimento: História, Filosofia, Sociologia, Antropologia, Política, Psicologia, etc.;
Escolher temas específicos para diversos trabalhos de pesquisa e estimular a produção de projetos em que a utilização da arte e da cultura esteja presente.

CONTEÚDO:
07 de agosto de 2024
AULA 1 – Pré-História e o povoamento do homem na América
O povoamento do homem na América. Povos americanos e pensamento simbólico. Estruturas antropológicas do imaginário pré-histórico americano. Cultura material e arte rupestre.

14 de agosto de 2024
AULA 2 – Os povos anteriores às grandes Civilizações
Mesoamérica e povos andinos.
Ênfase nos saberes, nos poderes e nas culturas que deram forma à América anterior aos Maias, Astecas e Incas. As dinâmicas históricas de expansão e integração do mundo antigo americano. Universo mental, arquitetura e arte de povos que deram origem as grandes civilizações americanas.

21 de agosto de 2024
AULA 3 – Os Maias e os Astecas
Civilizações mesoamericanas pré-hispânicas. Códices e Crônicas. Organização político-administrativa, bases econômicas e a produção da arte desses povos anteriores à conquista espanhola.

28 de agosto de 2024
AULA 4 – Os povos da América do Sul e os Incas
Civilizações andinas pré-hispânicas. Códices e Crônicas. Organização político-administrativa, bases econômicas e a produção da arte desses povos anteriores à conquista espanhola.

04 de setembro de 2024
AULA 5 – Espanha e Portugal: da Antiguidade à descoberta da América.
A Península Ibérica e o tema da expansão no mundo americano. A ideia de transferência artístico-cultural e o choque entre as culturas. A constituição do novo ocidente através da implantação do modelo europeu no Novo Mundo.

11 de setembro de 2024
AULA 6 – Cerimônias de Posse no Novo Mundo
O contato. A tratadística, o material impresso e sua circulação: sistemas de informação entre Europa, África e América. Os conceitos de sincretismo e hibridismo.

A QUEM SE DESTINA:
O conteúdo oferece embasamento para estudiosos de Arte, historiadores, profissionais ligados à literatura e comunicação social, religiosos, pesquisadores, professores que pretendam desenvolver o tema em sala de aula, profissionais de todas as áreas, estudantes universitários e interessados em geral.

PROFESSOR:
Marcos Horácio Gomes Dias é Doutor em História Social pela PUC-SP; Mestre em História Social pela USP; pós-graduado em Arte e Cultura Barroca pelo Instituto de Filosofia, Arte e Cultura da Universidade Federal de Ouro Preto (UFOP) e Bacharel em Ciências Sociais pela USP. Tem experiência na área de História e Sociologia, com ênfase em História, atuando principalmente nos seguintes temas: História da Arte; História do Barroco e do Rococó; Arte e Cultura em Minas Gerais; Neoclássico, Império e século XIX no Brasil; Teoria da Cultura; Patrimônio Histórico; História da Produção da Imagem; Teoria da Comunicação e Realidade Sócio-Econômica e Política Brasileira.

Período: 01, 14, 21, 28 de agosto, 04 e 11 de setembro de 2024 (quartas-feiras)
06 dias de aulas
Aulas: 19h00 às 21h30 (intervalo para o café)
Carga horária: 15 horas
Valor: R$ 360,00 à vista
Inscrições: mfatima@museuartesacra.org.br – Inscrições até dia 01 de agosto de 2024
Informações: 113322-5393
Whatsapp: +55 (11) 99466-6662
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676 – Metrô Tiradentes
Estacionamento gratuito (sujeito à lotação): Rua Dr. Jorge Miranda, 43 – Luz

Bibliografia
ANSALDI, Waldo (org). Calidoscopio latino-americano: imágenes históricas para un debate vigente. Buenos Aires: Ariel, 2004.
BENNASSAR, Bartolomé. Inquisición española: poder político y control social. Barcelona: Editorial Crítica, 1984, 2ª ed.
BERNAND, Carmen; GRUZINSKI, Serge. De la idolatria: una arqueologia de las ciencias religiosas. México, DF: Fondo de Cultura Económica, 1992, 1ª reimpr. 2018.
BETHELL, Leslie (org). História da América Latina, v. 1, 2 e 3. São Paulo: Edusp, 1984/2008.
BETHELL, Leslie (org). História de América Latina. https://archive.org/stream/Coleccion HistoriaDeAmericaLatinaBethellTomosDel1Al8YDiccionarioDe/Bethellled._historiaDeAmricaLatinaT.7#pag e/n3/mode/2up
BOMFIM, Manoel. A América Latina: males de origem. Rio de Janeiro: Topbooks, 2005. [Prefácios de Darcy Ribeiro, Franklin de Oliveira e Azevedo Amaral]
CARDOSO, Ciro Flamarion S. América pré‐colombiana. São Paulo : Brasiliense, 1981.
COE, Michael D. Os maias. Lisboa : Editorial Verbo, 1968, 256p.
CARRERA DAMAS, Germán; WEINBERG, Gregorio. Sobre la significación histórica de América Latina. In BRIGNOLI, Héctor Pérez;
CHAUNU, Pierre. História da América Latina. Rio de Janeiro: Bertrand,1989.
MANZANILA, L. e LUJÁN, L. L. (coord.). Historia antigua del México. Volumen IV : Aspectos fundamentales de la tradición cultural mesoamericana. México : INAH/UNAM, 2001.
MARTINS, Estevão de Rezende (org). Historia general de América Latina, v. IX: teoría y metodoloía en la Historia de América Latina. Paris-Madri: Ediciones Unesco; Editorial Trotta, 2006.
FAVRE, Henri. A civilização inca. Rio de Janeiro: Zahar.
FERREIRA, Jorge Luiz. Incas e Astecas: Culturas pré-colombianas. 3ª ed. São Paulo: Ática, 1995.
GALEANO, Eduardo. As veias Abertas da América Latina. 46. ed. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2007.
GENDROP, Paul. A civilização Maia. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 1998.
GRUZINSKI, Serge. A águia e o dragão: ambições europeias e mundialização no século XVI. São Paulo: Companhia das Letras, 2015.
GRUZINSKI, Serge. La ciudad de México: una historia. México: Fondo de Cultura Económica, 2004.
GRUZINSKI, Serge. A colonização do imaginário: sociedades indígenas e ocidentalização no México espanhol. São Paulo: Companhia das Letras, 2003. [UnB 301.175.2 (72=082) G 893c =690]
GRUZINSKI, Serge. A guerra das imagens: de Cristóvão Colombo a Blade Runner (1492-2019). São Paulo: Companhia das Letras, 2006. [UnB 301.153.2:246.3 G893g =690]
GUERRA, François-Xavier. Modernidad e independências: ensayos sobre las revoluciones hispânicas. México: FCE; MAPFRE, 2000.
HALPERÍN DONGHI, Tulio. Historia contemporânea da América Latina. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 2005. JAMES, C. L. R. (Cyril Lionel Robert James). Os jacobinos negros: Toussaint L’Ouverture e a revolução de São Domingos. São Paulo, Boitempo, 2010.
KARNAL, L.; PURDY, S.; FERNANDES, L. E.; MORAIS, M. V. de. História dos Estados Unidos: das origens ao século XXI. São Paulo: Contexto, 2007.
KLEIN, Herbert S.; VINSON III, Ben. A escravidão africana na América Latina e Caribe. Brasília: Editora UnB, 2015.
LOCKHART, James e SCHWARTZ, Stuart B. América Latina na época colonial. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 2002.
LUCENA SALMORAL, Manuel. Historia de Iberoamerica, t. 1 e 2. Madri: Cátedra, 2003
MALERBA, Jurandir. A História na América Latina: ensaio de crítica historiográfica. Rio de Janeiro: Editora FGV, 2009.
MANDRINI, Raúl. América aborigen: de los primeros pobladores a la invasión europea. Buenos Aires: Siglo Veintiuno Editores, 2013
MIRES, Fernando. La rebelión permanente: las revoluciones sociales en América Latina. México, DF: Siglo Veintiuno Editores, 2001, 2ª ed.
PAMPLONA, Marco A.; DOYLE, Don H. (org). Nacionalismo no novo mundo: a formação de Estados-nação no século XIX. STAVENHAGEN, Rodolfo. Multiculturalidade e políticas de desenvolvimento. In CANCLINI, Néstor Garcia (Coord). Culturas da Ibero-América: diagnósticos e propostas para seu desenvolvimento. São Paulo: Moderna, 2003.
PEREGALLI, Enrique. A América que os europeus encontraram. São Paulo, SP; Campinas, SP: Atual Editora: Editora da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP), [1987], 63p.
RIBEIRO, D. Os índios e a civilização. Rio de Janeiro: Civilização Brasileira, 1970.
TODOROV, Tzvetan. A conquista da América: a questão do outro. São Paulo: Martins Fontes, 2003.
THEODORO, Janice. América barroca: tema e variações. São Paulo: Nova Fronteira, 1992.

Foto: Missa Tridentina em Brasília

Compartilhar