O Museu de Arte Sacra de São Paulo compartilha o making-off da nova inserção de peças de seu acervo na mostra permanente a Via Crucis de Victor Brecheret. Esse conjunto de 26 peças, feitas em terracota, que compõe as 14 estações que descrevem os últimos momentos da vida de Jesus Cristo. O conjunto, vindo da Pinacoteca do Estado, é recebido pelo MAS/SP em comodato com o Hospital das Clínicas de São Paulo, proprietários dos originais cujas cópias em bronze se encontram na Capela do HCSP. “É um grande ganho para o Museu uma vez que está começando seu acervo relativo ao século XX“, diz Beatriz Cruz, museóloga da instituição.

Compartilhar