De Setembro a Novembro de 2017, o Museu de Arte Sacra de São Paulo – MAS/SP, instituição da Secretaria da Cultura do Estado, exibiu “300 Anos de Devoção Popular“, em parceria com o Museu Nossa Senhora Aparecida – Santuário Nacional de Aparecida e curadoria de Cesar Augusto Bustamante Maia e Fabio Magalhães. Composta por 137 obras – esculturas, ex-votos e objetos em diversos suportes -, a mostra homenageou os três séculos de devoção à Nossa Senhora Aparecida.

A mostra “300 Anos de Devoção Popular” traz como destaques duas esculturas da santa – uma com manto e outra sem – feitas por Francisco Ferreira – Chico Santeiro, o primeiro escultor a produzir uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, além de 10 ex-votos que são mantidos na Sala das Promessas, no Santuário. Uma linha do tempo conta toda a história desde 1717, quando a imagem foi encontrada, passando pela primeira capela no Porto Itaguaçu (1740), a doação da coroa de ouro pela Princesa Isabel (1884), a proclamação de Nossa Senhora Aparecida como padroeira do Brasil (1931), o início da construção da Basílica Nova (1955), até o jubileu de 300 anos do encontro da imagem de Nossa Senhora, que foi comemorado no ano de 2017, entre outros acontecimentos no decorrer do tempo.



Exposição: “300 Anos de Devoção
Curadoria: Cesar Augusto Bustamante Maia e Fabio Magalhães
Abertura: 21 de setembro de 2017, quinta-feira, às 11h

Período: 22 de setembro a 19 de novembro de 2017
Técnicas: Diversas
Número de obras: 137

Compartilhar