Ementa

O curso pretende apresentar a história do antigo Hospital Matarazzo e de sua capela de Santa Luzia sob a ótica da Zeladoria do Patrimônio, procurando ressaltar os vínculos que existiam entre o local e os imigrantes italianos, cuja presença foi sempre característica do bairro da Bela Vista.

Desse modo, a abordagem própria da Zeladoria do Patrimônio, enfocando o resgate dos laços afetivos entre comunidade e o patrimônio edificado, pretende entrelaçar a história da formação do bairro e da paróquia da Bela Vista (desde seus primórdios na antiga chácara do Bexiga) à presença da religiosidade típica dos imigrantes italianos em suas devoções e práticas costumeiras. Nesse contexto, o conjunto edificado do Hospital Matarazzo revela-se portador não apenas da memória hospitalar da cidade, mas também um lugar privilegiado para compreender as dinâmicas sociais que participaram do intenso processo de urbanização de São Paulo nas primeiras décadas do século passado.

Duração: de fevereiro a outubro de 2019
Periodicidade: um encontro mensal

3ª Aula (30/04): Arquitetura sagrada como liturgia construtiva

3ª aula da série de palestras “A Zeladoria do Patrimônio”

Data: 30 de abril de 2019 (terça-feira)
Horário: das 14h às 17h
Atividade gratuita
Não é necessário fazer inscrição, por ordem de chegada, capacidade da sala 70 lugares.
Informações: (11) 5627.5393 – mfatima@museuartesacra.org.br
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676, Luz. Metro Tiradentes.
Estacionamento gratuito (ou alternativa de acesso): Rua Jorge Miranda, 43
Estacionamento sujeito à lotação
Ao final da palestra será oferecido o certificado de participação.

Compartilhar