Através de um novo ambiente de pesquisa e novas documentações como laudos necroscópicos e depoimento com participantes dos fatos, a palestra propõe uma reflexão sobre a nossa própria identidade histórica e elucida os fatos ocorridos na Praça da República no dia 23 de maio do ano de 1932, ocasião onde por parte de membros do Governo Provisório de Getúlio Vargas, quinze pessoas foram baleadas e cinco faleceram durante uma manifestação contra o que chamavam de Ditadura. A morte destes jovens deu origem a uma organização secreta chamada de MMDC, que ajudou a organizar todo o Estado de São Paulo para uma guerra contra o Governo Provisório reivindicando uma autonomia administrativa dos estados e uma nova Constituição para o Brasil. Este importantíssimo capítulo da História de São Paulo tem reflexos até hoje em todo o Brasil e é um dos marcos de nossa cultura.


Professor
Rodrigo Gutenberg
, formado em História. Publicou diversos artigos em antologias, jornais e revistas, sempre trabalhando com a História de São Paulo e a Revolução Constitucionalista de 1932. Ao lado da artista plástica Camila Giudice também é autor do livro “História e Arte: O Relicário da Revolução de 32” lançado em 2018 pela Editora Matarazzo. Tem esculturas em madeira de sua autoria em exposição no Palacete de Conde de Sarzedas – Museu do Tribunal de Justiça de São Paulo e outras instituições. É um dos organizadores dos livros “Trem Blindado” escrito por Fernando Penteado Médici, veterano da Revolução de 32 e “Diário de Campanha de 1932” de Cineu Braga de Magalhães, combatente morto na Revolução. Coordena visitas guiadas no Monumento e Mausoléu ao Soldado Constitucionalista e tem grande acervo de livros, documentos e artefatos da Revolução.

Foi o Coordenador Histórico de todas as edições já realizadas do consagrado Júri Simulado do “Caso MMDC – 32” que ocorre anualmente no Tribunal de Justiça de São Paulo. Tendo ministrado palestras, aulas e consultorias para os participantes deste evento que vão desde acadêmicos de Direito até autoridades do judiciário, segurança pública e política. Foi Presidente do Conselho Fiscal da Sociedade Veteranos de 32 – MMDC e nesta mesma instituição atualmente é o Diretor Cultural.


Data: 23 de maio de 2020
Horário: 14h
Atividade gratuita
Não é necessário fazer inscrição, por ordem de chegada, capacidade da sala 70 lugares
Informações: 
(11) 5627 5393 – mfatima@museuartesacra.org.br
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676, Luz. Metro Tiradentes.
Estacionamento gratuito (ou alternativa de acesso): Rua Jorge Miranda, 43 – Estacionamento sujeito à lotação.

Ao final da palestra será oferecido o certificado de participação

Compartilhar