Museu de Arte Sacra de São Paulo vem desenvolvendo projetos multiculturais relacionados ao imaginário e a arte do sagrado de várias partes do mundo. A parceria com o Centro Cultural Swami Vivekananda e com o Consulado Geral da Índia em São Paulo propiciou que seja apresentado o filme “Espetacular Índia”, dirigido por Benoy K. Behl. Ainda nessa parceria, o MAS lança agora o filme “Ramayana: Uma Cultura em Comum”, do mesmo diretor.

O curta-documental poderá ser acessado pelo público em geral, gratuitamente, a partir do dia 17 de Outubro, sábado, às 15h, por meio do site do museu e também do canal do YouTube da instituição.
Essa ação integra os eventos comemorativos dos 50 anos do MAS, completados em 29 de Junho de 2020.

O enredo do Ramayana é a história mais representada de todo o mundo. É encenada por hindus, budistas e muçulmanos igualmente. É a mais importante tradição cultural da Tailândia, Camboja, Indonésia, Laos, Mianmar, Nepal e Índia. Também prevaleceu no Butão, Singapura, Sri Lanka, Malásia e Vietnã. Muitos Reis destes países usaram o nome Rama, cidades e ilhas foram nomeadas com nomes de pessoas e locais do épico e símbolos do deus Vishnu (sendo Rama uma encarnação dele) têm sido os emblemas reais desta região.
Behl é conhecido por suas épicas viagens de filmagem e fotografia em muitos países de diversos continentes. Possui o Limca Book Record de fotógrafo mais viajado.

Compartilhar