Newsletter

X

MAS SÃO PAULO

Secretaria da Cultura

Nossas Exposições

Recolhimento da Luz, Benedito Calixto (1853-1927), óleo sobre tela, séculos XIX/XX.

Maria, mãe


Duração:
06 outubro 2018 - 18 novembro 2018

 

MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO INAUGURA INDIVIDUAL DE BEL MILLER

"Maria, mãe” entra em cartaz na Sala MAS -Metrô Tiradentes e apresenta 20 esculturas em gesso e técnica mista, inspiradas na imagem de Nossa Senhora, que representam o universo feminino em obras repletas de significados e simbologias

O Museu de Arte Sacra de São PauloMAS-SP inaugura "Maria, mãe", da artista plástica Bel Miller. A exposição contempla 20 esculturas em gesso e técnica mista – como colagem, desenho e pintura -, que apresentam o universo de todas as mulheres, representadas em uma só: Maria e sua presença como mãe. Com tais imagens carregadas de significados e simbologias, a artista busca despertar sentimentos no espectador, evocando emoções, elementos e referências que compõem este peculiar mundo feminino.

Nesta nova mostra temporária do MAS-SP, Bel Miller utiliza como suporte esculturas de Nossa Senhora, todas em um mesmo formato, sobre as quais desenvolve sua linguagem pictórica, inteiramente dedicada ao universo feminino. “E ela (a mulher)aparece das mais diversas formas dentro de um princípio que mescla raças,referências a quadros célebres da história da arte e justa posições que provêm de um imaginário no qual o importante está, em igual parâmetro, naquilo que se diz e na maneira de expressar esse conteúdo visual”, comenta o crítico de arte Oscar D’Ambrosio.

Inspirada em uma mulher –Maria, mãe e princípio de tudo -, Bel Miller utiliza colagem e outras técnicas para criar suas peças, repletas de combinações, fundos e camadas, que contam histórias únicas e que não se repetem. Nos dizeres da artista: “As mulheres são o princípio, o meio e o fim de tudo. Há meninas, rainhas, santas,pobres, ricas, dominadoras, submissas, grávidas, sexy e, até mesmo, as que permanecem numa caixa de recortes, na prateleira do estúdio, à espera da chance de saltar para uma tela”. Em cada obra, observamos o estilo de suas pinceladas, a ambientação de cores em contraste de leveza e peso, a inserção de contornos e elementos que perfazem um contexto provocador. Assim, cada composição nos leva a refletir sobre tais mulheres, quem são, quais suas origens, o que fazem e o que pretendem despertar em nós.

Em uma produção de pequeno porte, cada peça pode levar até dois meses para ser finalizada. “A madeira tratada, o papel canson e a cerâmica são a base de minhas obras, nas quais aplico técnica mista, que inclui colagem, acrílica, lápis aquareláveis, entre outras. Normalmente começo trabalhando a base, mesmo antes de ter escolhido afigura central da obra. Outras vezes, ocorre o contrário. Encontro uma figura e acho que ela tem potencial e logo começa a surgir outros elementos e a composição vai se formando. Esse é o encantamento da colagem! Tudo é possível!”,conclui Bel Miller.

 

Exposição: "Maria, mãe"
Artista: Bel Miller
Abertura: 06 de outubro de 2018, sábado, às 11h
Período: 07 de outubro a 18 de novembro de 2018
Local: Sala MAS - Metrô Tiradentes - www.museuartesacra.org.br
Estação Tiradentes do Metrô - São Paulo – SP
Tel.: (11) 3326-5393 – agendamento / educativo para visitas guiadas
Horários: Terça-feira à domingo, das 9 às 17h
Técnicas: Escultura e técnica mista
Ingresso: Grátis aos usuários do Metrô

Imprensa:

Museu de Arte Sacra de São Paulo

Silvia Balady – silvia@balady.com.br/ Zeca Florentino – zeca@balady.com.br
Tel.:(11) 3814-3382 

Bel Miller
Nasceu em Porto Alegre (RS),onde viveu até 1988, quando se mudou para São Paulo. Em 1998 trancou matrícula na Faculdade São Luiz, onde cursava Administração de Empresas. No mesmo ano,em busca de novas possibilidades, matriculou-se no curso Designer de Interiores na Escola Panamericana de Artes, onde também cursou Artes Plásticas e História da Arte, encontrando na arte o seu caminho. Entre pincéis, cores, formas e cheiro de tinta, sentia-se feliz e motivada para continuar, apesar da limitação em não aprender as técnicas. Em 2005, na Olaria Paulistana fez curso de cerâmica, incluindo modelagem, queima e pintura e ainda decoupage, onde apaixonou-se por tesouras e papéis, dando início ao desenvolvimento de sua linguagem artística. Não parou mais de criar. Suas obras são focadas no universo feminino e embora trabalhe esta ideia central, a artista apresenta em suas telas, histórias únicas, que não se repetem. A madeira tratada é a base de suas obras, onde aplica técnica mista, que inclui colagem, acrílica, lápis aquarelável, entre outras. Tem participado de inúmeras exposições nacionais e internacionais, em importantes cidades como Miami, Nova York Paris e São Paulo (incluindo 4 individuais desde 2009). Suas próximas exposições serão em Brasília, Milão e Nova York.

MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO – MAS/SP

Presidente do Conselho de Administração - José Oswaldo de Paula Santos
Diretor Executivo
- José Carlos Marçal de Barros
Diretor de Planejamento e Gestão
- Luiz Henrique Marcon Neves
Diretora Técnica
– Maria Inês Lopes Coutinho


MUSEU DE ARTE SACRA DE SÃO PAULO
Lqdi