A música é uma linguagem reflexivo-afetiva, capaz de construir sentidos coletivos e singulares. O fazer musical gera a conexão do corpo e do espírito.

O Coral é um grupo de indivíduos que utilizam a voz como instrumento para se expressar. Ainda que relacionada à música, a vivência coral vai além das questões musicais, envolvendo a musicoterapia, a fonoaudiologia, a sociologia, a psicologia, a antropologia e outras ciências afins.

A criação de um coral no Museu de Arte Sacra de São Paulo objetiva proporcionar uma atividade musical oferecendo um espaço para a integração e enriquecimento cultural dos membros envolvidos e, ao mesmo tempo, dialoga com a cidade de São Paulo ao apresentar-se em diferentes locais da metrópole.

Servindo como um polo agregador, o Coral do Museu de Arte Sacra de São Paulo reuniria seus participantes de visões e ideias afins, refletindo em seu resultado final sua forma de pensar e de se expressar. A atividade coral, não se resumindo somente ao canto, também seria um local onde se pode aprender a teoria musical, o solfejo, o domínio e controle técnico da voz, além do exercício da performance. Com o passar do tempo, o grupo amadurece e se aprimora, acumulando as experiências apreendidas em suas atividades e somando-as à bagagem pessoal de cada cantor. Com isso, o resultado artístico do grupo representa a sua origem e seu ideal.

REGENTE: André Guimarães Rodrigo

O regente André Rodrigo é mestre em Performance em Regência pela USP e graduado em Música pela UNICAMP. Foi aluno participante do VI Eric Ericson Masterclass for choral conductors em Haarlem (Holanda) e aluno bolsista da VI Academia de Verano de Pedagogía Musical y Direccíon Coral de Las Palmas de Gran Canaria (Espanha). Atuou como regente convidado do Projeto Guri com o Grupo de Referência de Lorena, como regente tutor do projeto Canta São Paulo em 2015 e foi regente assistente do Coral Cultura Inglesa. Atualmente rege grupos do Cultura Inglesa Pop Choir em Campinas e Guarulhos e é o fundador e regente do Coral do Museu de Arte Sacra de São Paulo e do Coro d’A Cappella (antigo Coral do Mosteiro).

DESCRITIVO DAS ATIVIDADES:

Ensaios com duração de 3h, divididos em aquecimento e técnica vocal (30min) e ensaio de repertório (150min). O intuito principal é proporcionar a prática vocal aos participantes envolvendo-os na dinâmica coral e apresentar a imensa riqueza e variedade do repertório composto para coral, perpassando pelos diferentes períodos da história da música ocidental.

DESCRITIVO DAS ATIVIDADES:

Ensaios com duração de 3h, divididos em aquecimento e técnica vocal (30min) e ensaio de repertório (150min). O intuito principal é proporcionar a prática vocal aos participantes envolvendo-os na dinâmica coral e apresentar a imensa riqueza e variedade do repertório composto para coral, perpassando pelos diferentes períodos da história da música ocidental.


“Estão abertos testes para ingresso de novos cantores no Coral do Museu de Arte Sacra de São Paulo. Os testes serão realizados nos dias 07 e 14/02/2019 entre 14h e 17h. Para participar basta ir a uma das 2 datas e chegar ao local durante o horário mencionado.”

Não há pré-requisito para participar dos testes. Os testes contemplarão uma classificação vocal individual, que avaliará aspectos de associação auditiva e expressiva.


Ensaios: quintas-feiras
Horário: das 14 às 17hs
ATIVIDADE GRATUITA
Informações: (11) 5627.5393 – mfatima@museuartesacra.org.br – Fátima
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676, Luz. Metro Tiradentes.

Compartilhar