Objetivo Geral

A Palestra tem como escopo apresentar a expertise científica e a metodologia multidisciplinar do processo que visa alcançar a autenticidade dos manuscritos do poema “De Gestis Mendi Saa” do Pe. José de Anchieta, escritos entre 1560-1562 – Desde a análise historiográfica e biográfica até evidenciar todo o processo metodológico e científico físico-químico – A exposição pretende demonstrar a utilidade da inserção da ciência para novos padrões e paradigmas da análise e proteção de documentos históricos, literários e obras de arte que estão inseridos no patrimônio cultural brasileiro.


Objetivos Específicos
– Ciência e arte
– História brasileira do século XVI
– Biografia do Padre José de Anchieta
– Apresentação do trabalho pericial sobre autenticidade do manuscrito


Docente
Douglas Quintale é perito judicial em análise científica de obras de arte desde 2015. Cursou mestrado em Direito Canônico pela Universidade Lateranense Utriusque; É especialista em Perícia e Análise de Obras de Arte pelo Centro Técnico Templo da Arte; Bacharel em direito pela FMU e cursou a graduação em filosofia pela USP; Em conclusão o técnico de Química pela Getúlio Vargas. Foi Professor de Filosofia Jurídica e Ética na UniFMU. Membro Consultor da Comissão de Direito das Artes da OAB/SP. Nos últimos anos, tem se dedicado a projetos de literatura e escrito artigos sobre temas ligado ao Direito da Arte.


Data: 26 de novembro de 2019 (terça-feira)
Horário: 18h30
Atividade gratuita
Não é necessário fazer inscrição, por ordem de chegada, capacidade da sala 70 lugares.
Informações: (11) 5627-5393 – mfatima@museuartesacra.org.br
Local: Museu de Arte Sacra de São Paulo
Endereço: Avenida Tiradentes, 676, Luz. Metro Tiradentes.
Estacionamento gratuito (ou alternativa de acesso): Rua Jorge Miranda, 43 – Estacionamento sujeito à lotação

Ao final da palestra será oferecido o certificado de participação.

Compartilhar